Como divulgado anteriormente, Diretoria da FPF e Representantes do Governo do Estado de São Paulo ajustaram o Protocolo de retorno às atividades e baseado no fato dos Jogadores terem um tempo maior para retornar aos treinos com segurança diante da Pandemia do Covid-19, porém, levando-se em conta a saúde muscular dos Atletas que estão há quase 100 dias sem atividades normais e um retorno precipitado ou com tempo muito curto entre a retomada dos treinos e os Jogos oficiais, também poderia causar lesões musculares graves aos jogadores.

Diante disso, através de um “Protocolo Complementar”, FPF e Governo Estadual resolvem estabelecer para dia 22 a volta gradual aos treinos.

Ao que tudo indica, como CBF já enviou Comunicado prevendo início dos Campeonatos Brasileiros para início de Agosto, jogos do Paulistão devem retornar até dia 15 de Julho.

SÉRIE (B) DEVE COMEÇAR NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO, AFIRMA PRESIDENTE DO AVAÍ.

Como FPF já adiantou que precisa de 17 dias para concluir o Estadual, os ajustes de datas foram necessários.
Confira abaixo, na íntegra o Comunicado da FPF tratando do assunto:

PAULISTÃO SICREDI 2020

Nota Oficial – Retomada Gradual aos Treinos

Publicado em 19 de junho de 2020, às 14h52

“A Federação Paulista de Futebol informa que realizou nesta quinta-feira ajustes no Protocolo de Retomada Gradual aos Treinos do Campeonato Paulista – Série A1 e, no mesmo dia, encaminhou ao Governo do Estado de São Paulo um novo documento.

O protocolo complementar enviado trata da necessidade do processo de readaptação física dos profissionais para que a retomada dos treinamentos, em 1º de julho, seja segura, uma vez que, devido à pandemia, os atletas foram obrigados a paralisar suas atividades por mais de 90 dias, um inédito e danoso período, especialmente para quem depende de sua condição física para exercer seu trabalho.

Assim, a FPF e os clubes receberam com grande satisfação o anúncio do Governo do Estado de São Paulo de que os times poderão se preparar, entre 22 e 30 de junho, de maneira adequada, realizando testes clínicos, físicos e fisiológicos, de forma individualizada.

Como previsto no protocolo, antes do início da readaptação, todos os profissionais deverão ser submetidos a testes de COVID-19. Todos os ambientes serão devidamente preparados e higienizados, com obrigatório uso de EPI’s, conforme determinado pelo Centro de Contingência do Governo de São Paulo.

O futebol paulista segue unido e responsável, zelando, em primeiro lugar, pela saúde de todos. Acreditamos que o entendimento, o consenso e a harmonia estabelecidos entre FPF, clubes e o Governo de São Paulo, comandado pelo Governador João Doria, e Prefeitos são fundamentais para virarmos o jogo.”

Da Redação da K8 Rádio e Tv – Marcos Andrez