O Flamengo encaminhou neste fim de semana a transferência de Natan ao Bragantino. O clube vai receber, de imediato, R$ 5 milhões pelo empréstimo do zagueiro até dezembro. O contrato também prevê obrigação de compra, no valor de R$ 22 milhões, caso o jogador atue em 20 partidas oficiais pela nova equipe.

Os R$ 22 milhões da venda são referentes a 48% dos direitos econômicos de Natan. O Flamengo tinha 60% e vai manter 12% para uma futura negociação. Proporcionalmente, o clube avalia o jogador, portanto, em cerca de cerca de R$ 46 milhões (cerca de 7 milhões de euros).

Natan foi titular e capitão do Flamengo na derrota para o Fluminense por 1 a 0, no domingo, no Maracanã, com um time formado majoritariamente por garotos da base. Os jogadores que atuaram ganharam folga nesta segunda-feira e não estarão na reapresentação do elenco principal.

O zagueiro, porém, já está em processo de saída e fará exames médicos em breve. O negócio ainda não foi assinado, e os clubes ainda revisam os contratos, uma vez que é uma operação complexa.

Natan estreou no elenco profissional do Flamengo em 2020, quando um surto de Covid-19 obrigou o então técnico Domènec Torrent a escalar garotos da base.

Natan foi um dos destaques e se manteve no time principal, com direito a renovação de contrato até 2024 e multa rescisória de 70 mihões de euros (cerca de R$ 463 milhões na cotação atual). Ao todo, foram 18 jogos e um gol marcado.