Nesta quarta-feira, João Doria confirmou a volta dos treinos dos times da Séria A1 do Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva, o governador afirmou que os clubes estarão autorizados a retomarem as atividades presenciais a partir do dia 1º de julho.

Para que possam voltar, os paulistas precisarão passar por uma série de protocolos. Num primeiro momento, os CTs precisaram ser preparados, todos os atletas e demais funcionários serão testados frequentemente, os treinos serão em áreas abertas e mantendo o distanciamento social.

Ainda não há uma data estipulada para o retorno do Paulistão, mas os planos do governo do Estado é de que isso não ocorra antes de agosto. São Paulo é o estado brasileiro mais afetado pela pandemia do coronavírus, com 178.202 casos confirmados e 10.694 mortes.

Esse comunicado não foi bem aceito pelos clubes que queriam já de imediato voltar aos treinos, pois já estão com seus atletas parados à mais de 90 dias, e as cúpulas das equipes,  estão ainda nos bastidores tentando mudar essa data de retorno que vai ocorrer daqui a exatos (13) dias, os dirigentes querem pelo menos voltar daqui a uma semana.

Da Redação – K8 Rádio e Tv